A neuroplasticidade e a flexibilidade

“O salgueiro que se curva à tempestade frequentemente escapa melhor que o carvalho que resiste a ela”. (Albert Schweitzer)

A neuroplasticidade é a capacidade do sistema nervoso mudar, adaptar-se e moldar-se a nível estrutural e funcional ao longo do desenvolvimento do corpo E TAMBÉM quando sujeitado a novas experiências.

Não há uma prisão! A plasticidade neural indica que crenças e esquemas adquiridos ao longo da vida podem estar ditando as regras, mas não são sentença de morte. O homem tem um corpo (físico e mente) programado para se renovar!

Algumas práticas a serem treinadas tem seu significado reforçado com esse conceito mais “elástico”: buscar desaprender e reaprender constantemente, flexibilizar pensamentos, ver oportunidades em ameaças, colher lições das experiências ruins, cultivar Inteligência Emocional, vivenciar novas experiências, inovar, criar, manter-se em atividade, sair da rotina, mudar hábitos, fomentar novas ideias, etc.

Olha que maravilha essa tal de plasticidade neuronal… joga no Google, veja o que é: posso mudar quando me questiono, me reinvento e conscientemente me permito criar novos padrões de pensamentos ou talvez modos de me adaptar a eles, gerando novas emoções e comportamentos!

Aí vem o alívio do sofrimento, o aumento do bem-estar. Eis o poder transformador da Psicoterapia!

Psicólogo Pascoal Zani – CRP 08/04471

Psicoterapia #Terapiacognitivocomportamental #psicologia #neurociencias #neuroplasticidade #neuropsicologia #sistemanervoso #pensamento #emoções #renovar #flexibilidade

Leave a Reply

Your email address will not be published.