Uncategorized

A criança que há em mim

Breves reflexões: Que medos essa “minha criança” tinha, quantos superou e quais trouxe para a adultez? De quais crenças “limitantes” ainda preciso libertá- la? Quais necessidades emocionais dela, criança de dois ou de oitenta e cinco anos, preciso suprir? Que Read More

Amarga vingança

O desejo de vingança forma um carcereiro para um suposto prisioneiro. Mesmo que este último seja real, ambos compartilham da mesma masmorra. Ambos. Por vezes o encarcerado cumpre sua pena e vai embora. Enquanto isso, o autointitulado aprisionador permanece a Read More